SIGA-NOS
 
PARTILHAR:  
Imprensa
Concerto dos OqueStrada abre edição 2013 da “Galaicofolia – 2000 anos de festa!”
O concerto dos OqueStrada, a ter lugar na próxima sexta-feira, 26 de Julho, às 22h00, no Castro de S. Lourenço, em Vila Chã – Esposende, marca o arranque da edição de 2013 “Galaicofolia – 2000 anos de festa!”.
O espectáculo tem entrada livre e promete tornar memorável o primeiro dia deste evento cultural, de lazer e entretenimento, promovido pela Câmara Municipal de Esposende e que vai animar, entre sexta-feira e domingo, aquele que é um dos maiores ex-libris do património arqueológico de Esposende e da região Norte. O cartaz musical do evento conta com nomes de referência da música folk, nomeadamente a cantora norte-americana Erica Buettner e o grupo galego Brañas Folk, que sobem ao palco no sábado, dia 27. A encerrar a edição de 2013 da Galaicofolia, terá lugar no domingo, dia 28, o concerto com o grupo Pé na Terra. Todos os concertos têm entrada gratuita e estão agendados para as 22h00. Em actividade desde 2001, o grupo OqueStrada lançou, em 2009, o primeiro disco, intitulado “TascaBeat o sonho português”, que conquistou a marca de ouro e foi considerado pela crítica em geral como um dos melhores álbuns desse ano. No ano seguinte extravasou as fronteiras de Portugal à conquista da Europa, tendo sido considerado pelo jornal Le Monde como um dos melhores do ano na área World Pop. Desde então, o grupo iniciou uma carreira fulgurante na Europa no circuito da World Pop marcando presença nos maiores festivais e em salas de referência. A banda, que aposta na renovação da música cantada em português, inspirada no fado menos polido e na tradição, é composta por Marta Miranda, Pablo e João Lima, sendo que em palco os Oquestrada desdobram-se em seis elementos. Natural dos Estados Unidos, Erica Buettner cresceu no seio de uma família ligada às artes e à criatividade. Desde muito jovem que se dedica à escrita, fazendo dela um complemento diário essencial ainda hoje. A aprendizagem dos instrumentos musicais, como a guitarra, a flauta ou o banjo, vem depois. Nenhum concerto de Erica Buettner é simplesmente um expor de canções, é muito mais um processo de partilha, de interacção, de aprendizagem mútua entre a artista e o público, sendo, por isso, de esperar um espectáculo cativante. Fundado em 2002, o grupo Brañas Folk apresenta toda uma variedade musical, com instrumentação tão clássica como o violoncelo ou a viola da gamba, ou do mais puro sabor tradicional, como a sanfona. É nos concertos ao vivo que o grupo Brañas Folk se sente como peixe na água, fazendo dançar o público com as suas animadas melodias. A arte dos Pé na Terra nasce de um cruzamento único de ideias, estilos e experiências inspirados na música tradicional portuguesa. Eles são caçadores de notas, exploradores de melodias, inventores de ritmos, juízes de um som que constrói os pilares para erguer uma ponte entre a tradição musical e as contemporâneas influências do rock e do pop.