SIGA-NOS
 
PARTILHAR:  
Imprensa
«Galaicofolia – 2000 anos de festa!» repetiu êxito de edições anteriores
Superou todas as expetativas a 3.ª edição da «Galaicofolia — 2000 anos de festa!», que decorreu entre 25 e 27 de julho, no Monte de S. Lourenço, em Vila Chã, numa organização do Município de Esposende.
Ao longo dos três dias do evento, passaram pela "aldeia galaica" milhares de pessoas, provenientes dos mais variados pontos do país e da Galiza — Espanha, o que expressa o sucesso desta iniciativa de cariz cultural, de lazer e entretenimento, que já se afirmou no cartaz de eventos desta natureza. Animação, concertos, gastronomia de época, mercado romano, queimada galaica, ambiências e recriações históricas, entre muitas outras propostas, proporcionaram aos visitantes vivenciar o modus vivendi do povo castrejo. Em termos de novidades, a edição deste ano contou com um Espaço de Caça, com exibição de aves de rapina e demonstração com voos, e animação mais intensiva no recinto, que se estendeu ao centro de Esposende e às praias de Apúlia, Ofir e Suave Mar. Fazendo jus ao cariz do Galaicofolia, a Ceia Galaica, servida em todas as noites do evento, constituiu outra das novidades. Este banquete dos tempos romanos contou com farto repasto, não faltando as sobremesas e os digestivos, tudo regado com bom e abundante vinho, bem ao gosto dos romanos. A área alimentar não poderia faltar nesta iniciativa, dando a provar as iguarias da comida galaica e romana, numa adaptação dos variados pratos que compõem a dieta mediterrânica. Os concertos constituíram alguns dos momentos altos do Galaicofolia 2014, sendo que, no dia 25, atuaram os MU e o grupo galego Birimbao, no dia 26 foi a vez dos Guezos (Galiza) e dos Melech Mechaya, e, no último dia do evento, subiram ao palco os Tanira e os Alann Bique (Espanha). O Curral, este ano com mais animais que faziam parte do quotidiano da vida dos galaicos, voltou a ser dos espaços mais apreciados pelos inúmeros visitantes. Especialmente pensado para os mais novos, o espaço Caturo apresentou–se com um novo decor e mais animação, desde jogos a desafios, passatempos lúdicos e educativos e teatro de marionetas. O teatro Caturo "O Pequeno Grande Guerreiro. Capítulo II: \"Castrus Infertilitas Crisis\" contou com a participação de elementos de várias associações do concelho que asseguraram várias representações, que se revelaram do agrado do público, que marcou presença sempre em grande número. Os mais radicais puderam desfrutar das atividades do espaço Desafio Galaico, sendo que esta edição voltou a incluir passeios de burro, não tendo faltado também a Queimada Galaica, este ano com encenação. Este ano, foram disponibilizados autocarros, que asseguraram o transporte gratuito, entre a cidade de Esposende e o Castro de S. Lourenço, sendo que, para os que preferiram deslocar–se em transporte próprio, estavam disponíveis parques de estacionamento junto do recinto. Atendendo a que o "Galaicofolia — 2000 anos de festa!" constitui uma aposta do Município, no plano cultural e turístico, está, desde já, confirmada a continuidade do evento em julho de 2015. Notícia do Serviço de Comunicação e Imagem do Munícipio de Esposende submetida em quarta–feira, 30 de julho de 2014